o meio do caos em que estamos vivendo e sendo estimulados a ficarmos conectados em tantas telas (TV, computador, smartphone, tablet, etc…) a arte de contar histórias nos traz de volta a importância do parar, ouvir e escutar, não importa se é uma história da tradição oral, ou um conto narrado direto de um livro de papel. Qual o papel destes personagens narradores e contadoras de histórias? E como nos adaptar e transmitir para outras pessoas esta cultura milenar do narrar se ficamos meses apenas com a possibilidade de transmitir via telas? Quais os aprendizados que tiramos da arte de encantar destas narrativas dentro de uma pandemia? Neste curta metragem documental ouvimos as contadoras Cíntia Moreira e Carol do Brasil e também em primeira pessoa o diretor Wagner Rodrigo nos convida a refletir, sobre a importância da narração de histórias na construção da identidade e como isto nos une enquanto seres humanos.