Foto: Walterson Rosa / MS / Divulgação

“Tem excesso de vacina, tanto tem que estão vacinando quem não deve”, disse ministro da Saúde

“Quando eu falei lá [ontem] que tinha excesso de vacina, tem excesso de vacina, tanto tem que estão vacinando quem não deve”, disse o ministro da Saúde, em coletiva de imprensa.

O pronunciamento não faz sentido. Se houvesse excesso de vacinas, seria possível ao mesmo tempo vacinar adolescentes e aplicar a 2ª dose em adultos e a dose de reforço nos idosos.

Mas Queiroga argumentou que o ministério retirou os adolescentes sem comorbidades do programa de imunização porque estados e municípios se anteciparam.

Fonte: O Antagonista